Porque uma Mentoria Ajuda a Empresa a Crescer Rápido – 3 Razões

, , ,

Alguma vez você já contou com uma mentoria em sua empresa? Se sim, com certeza sabe porque uma mentoria ajuda a empresa a crescer, certo? Mas, caso contrário, o que você está esperando? A ajuda de um mentor em algum momento pode ser essencial para o seu negócio em diversos pontos.   

É claro que primeiro você precisa realmente entender qual a importância da mentoria e como ela, por exemplo, pode ajudar sua empresa a vender mais e, consequentemente, atingir bons resultados. No vídeo abaixo você pode conferir esse assunto mais detalhadamente.

https://youtu.be/3_Dz3xNv_zM

Como fazer a empresa crescer

A mentoria bem feita, assim como mencionei diversas vezes no vídeo, pode ajudar e muito sua empresa a crescer de forma sustentável. No entanto, você pode estar se perguntando como tenho tanta certeza disso, certo? É simples: eu tanto dou mentoria para empresários como também recebo mentorias importantes para o meu negócio.

Ou seja, falo que essa é uma estratégia importante por experiência própria. E, de fato, uma mentoria ajuda bastante a empresa a crescer. Mas, em que sentido? Será que no seu caso ela vai realmente ajudar? Será que está na hora de fazer isso na sua empresa? Essas são dúvidas que muitos empresários têm na hora de saber se contratam ou não uma mentoria.

Mas, pode ficar tranquilo! Isso já aconteceu comigo também e é normal. E é exatamente por isso que estou aqui para ajudá-lo a entender melhor essa questão. O primeiro passo a ser dado é entender porque uma mentoria é importante!

Porque uma mentoria é importante

Em primeiro lugar, você sabe o que faz uma mentoria? Um mentor é responsável por rever as estratégias utilizadas em sua empresa e, com isso, ajudá-lo a enxergar algumas questões que talvez você não estava conseguindo ver sozinho. Dessa forma, ele o orienta a tomar as melhores decisões e é assim que começa o processo de crescimento da empresa.

É por isso que eu não tenho dúvidas de que você pode avançar bastante com seu negócio por meio da ajuda de um mentor. Você pode, por exemplo, aumentar as vendas graças a algum detalhe visto pela pessoa que está te ajudando.

Uma empresa pode crescer e muito por causa da mentoria e há três explicações para isso: primeiro porque você vai contar com uma pessoa mais experiente, a segunda é que você vai começar a enxergar os problemas da empresa e, por último, você vai passar a acreditar mais em você mesmo depois da mentoria.

A seguir você verá cada uma dessas razões de forma detalhada!

Contar com uma pessoa mais experiente

A primeira delas é que você conta, na mentoria, com uma pessoa mais experiente. Lembre-se de que essa experiência não é em tudo que envolve sua empresa. Afinal, você mesmo já é um empresário bastante experiente, certo?

Essa pessoa terá mais experiência naquele assunto específico para o qual você está selecionando-a. Por exemplo, você percebe que vender está sendo um dos maiores problemas da sua empresa e decide contar com a ajuda de um mentor para resolver essa questão.

Começar a enxergar os problemas da empresa

O segundo motivo, também muito importante, é que o mentor de uma forma ou de outra vai lhe fazer enxergar problemas e fragilidades que sua empresa tem, os quais você não conseguia ver antes. E não pense que era um erro seu, isso é normal.  Eu também não teria conseguido enxergar se não tivesse a ajuda desses mentores.

E por que você não consegue enxergar? Primeiro, porque você já está muito acostumado a fazer determinadas atividades. Você faz aquilo todo dia e faz de uma forma tão automática que não consegue mais perceber que pode estar fazendo da forma errada.

O segundo motivo é que nós, como seres humanos, temos uma dificuldade muito grande de falar das nossas fragilidades e das nossas fraquezas. Às vezes, a fragilidade está na nossa frente e não conseguimos enxergá-la.

E o mentor terá essa capacidade, visto que ele verá tudo de fora, trazendo a experiência dele. Ele vai lhe dizer onde é que tem pontos na sua empresa que você precisa resolver para que ela volte a crescer.

Acreditar mais em você mesmo

Por fim, a terceira razão para você ter um mentor é que ele vai lhe ajudar não apenas nas questões técnicas, mas também nas suas crenças, ajudar no seu mindset, ou seja, naquilo que você precisa mudar na sua cabeça para que acredite que você é capaz de realizar determinadas atividades.

Muitas vezes nós, como empresários, falhamos não porque não sabemos fazer as coisas do ponto de vista técnico, mas porque acreditamos que não somos capazes. E o mentor precisa ter a habilidade para trabalhar no seu mindset, a fim de desenvolver crenças positivas para que você consiga realmente avançar.

Agora que você já sabe porque uma mentoria ajuda a empresa a crescer, não se esqueça de que existem também 11 Fragilidades que Derrubam Sua Empresa e que, portanto, você deve saber como evitá-las. Para isso, ACESSE MEU LIVRO INÉDITO.

Como já falei anteriormente, eu dou mentoria para empresários e também recebo de algumas pessoas para ajudar o meu negócio a crescer com solidez. Sendo assim, para ter acesso a vídeos sobre esse e outros temas, INSCREVA-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE.

3 Erros Que Fazem a Empresa Perder Dinheiro – Como Evitar

Por não ter opções, ou por não enxergá-las, perder dinheiro passou a ser algo mais comum do que você gostaria na empresa? Este tema faz sentido para você? 😲😐💸

Existem 3 Erros Que Fazem Sua Empresa Perder Dinheiro e que acontece nos casos em que existe uma gestão de empresas falhas: Eles se resumem em: 1) Como contratar bons funcionários; 2) Como atender bem o cliente; 3) Como aumentar as vendas.

Contratar funcionários medianos com a justificativa de que eles eram sua única opção é um erro que demonstra a fragilidade do colaborador (01:34). Ao invés de apenas aceitar, por que não investir em um melhor processo de recrutamento e seleção?

Além disso, você já se conformou com o fato de não atender o cliente tão bem quanto gostaria ou então respirou tranquilo mesmo sabendo que atrasaria uma entrega? Esta é a fragilidade do cliente e ela pode derrubar o seu negócio. Por isso é imprescindível estar atento a ela.

Por fim, se fazer diariamente as mesmas coisas não tem gerado vendas, é hora de ajustar o foco e rever estratégias, afinal a fragilidade da venda pode desencadear verdadeiros problemas para o negócio. Saia da zona de conforto!

Agora que você conferiu resumidamente quais são os 3 Erros Que Fazem Seu Negócio Perder Dinheiro, descubra quais são As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa e diminua os riscos. ACESSE O LIVRO com conteúdo completo.

Quer acompanhar outros vídeos rápidos que vão lhe ajudar a vender mais e instruir sobre como fazer a empresa crescer? Faça parte da melhor audiência de empresários se inscrevendo no canal. INSCREVA-SE.

#perderdinheiro #gestãodeempresa #atendimentoaocliente

3 Erros Que Fazem Sua Empresa Perder Dinheiro e Como Evitá-los

Você tem feito escolhas, ou tomado atitudes no negócio, que sabe de antemão que não são as melhores alternativas possíveis? Você tem se justificado dizendo que não existe outro jeito? Acredite, com certeza você não é o único tomando decisões equivocadas na gestão de empresas.

Inúmeros empresários insistem na ideia de agir de modo errado apenas para não ter que ficar parado. Especialmente nas pequenas e médias empresas essa é uma desculpa recorrente, entretanto, não se engane: você vai perder dinheiro assim!

Antes de continuar o artigo e conferir os três erros que fazem sua empresa perder dinheiro, além de boas formas para evitá-los, assista a um rápido vídeo sobre o assunto:

VÍDEO – 3 ERROS QUE FAZEM SUA EMPRESA PERDER DINHEIRO.

Quais são os 3 Erros então?

É claro que dentro da gestão de empresas existem inúmeros erros. Entretanto, três deles se destacam por gerarem um grande risco para o seu negócio. Veja a seguir quais são eles e as melhores formas para driblá-los. Fuja do conformismo:

Contratação de funcionários

O primeiro erro está relacionado à fragilidade do colaborador. Sabe quando você contrata um funcionário estando ciente, desde o início, de que ele não é o ideal e muito menos o melhor para a sua empresa? Ou quando você acaba contratando apenas para preencher uma vaga?

Uma contratação equivocada pode trazer mais prejuízos para o negócio do que ter um cargo vazio. Isso porque você precisa de um profissional adequado, com habilidades e qualidades específicas segundo a necessidade da empresa, além de características pessoais que estejam de acordo com os valores do seu negócio.

Para solucionar este erro, portanto, é necessário saber como contratar bons funcionários. Investir em um bom processo de recrutamento e seleção é sempre o passo inicial para contratar melhor. Por isso, nunca subestime a importância de tais etapas.

Lembre-se ainda de trabalhar bem com a gestão do seu negócio de modo que este se torne interessante para atrair bons colaboradores e talentos. Afinal, por que alguém gostaria de trabalhar na sua empresa? Se você ainda não sabe responder a isso, é hora de melhorar!

Atendimento ao cliente

Não trabalhar bem o atendimento ativa a fragilidade do cliente. Este é outro erro que é frequente e bastante incômodo.

Como você bem sabe, o cliente chega a uma empresa esperando, no mínimo, por um excelente atendimento. Sendo assim, nunca se conforme em oferecer menos do que isso, pois os resultados poderão ser trágicos para o negócio.

Prometeu algo? Cumpra! Comprometeu-se em algum ponto? Não volte atrás! O cliente espera pelo seu comprometimento, portanto tenha cuidado para manter sua boa reputação!

Além disso, se você quer saber como atender bem o cliente não se esqueça de se colocar no lugar dele. Como você gostaria de ser atendido? Seus colaboradores têm feito essa dinâmica ou têm atendido de qualquer forma?

Um bom atendimento fideliza o cliente e torna-se a melhor resposta para a questão de como fazer a empresa crescer. Seus clientes poderão pagar até mais caro pelos seus produtos e serviços apenas para terem acesso a esse excelente atendimento. Ofereça-o sempre!

Estratégia de vendas

Por fim, e tão importante quanto os demais pontos mencionados, a fragilidade da venda é uma que, se ativada, pode fazer todo o negócio ruir. Afinal, são as vendas que mantêm toda a empresa, não é mesmo? Para saber como aumentar as vendas e parar de perder dinheiro é preciso investir em novas estratégias para sair do lugar.

Se a empresa não tem feito um bom número de vendas significa que algo realmente não vai bem. Seu cliente pode não estar mais enxergando o produto ou serviço da sua empresa como uma solução para seus problemas. Ou ainda, pode ser que suas vendas estejam focadas de forma errada, sem usar as dores do cliente como parte da estratégia do seu negócio.

Para mudar este quadro e melhorar as vendas é necessário sair da zona de conforto e investir em novas estratégias e campanhas. Que tal usar o Marketing Digital a favor da sua empresa, por exemplo? E se for o caso, por que não expandir seu público-alvo?

Antes de tomar decisões “mais ou menos”, pense de modo estratégico e busque fazer uma gestão de empresas realmente eficaz. Tome decisões que realmente podem levar o negócio ao crescimento e alcance de seus objetivos.

Neste conteúdo você conferiu três problemas recorrentes às empresas, são as fragilidades do colaborador, do cliente e da venda. Mas, e quanto às demais? As 11 Fragilidades que Derrubam Sua Empresa estão detalhadamente explicadas em meu livro.

Por fim, mais um convite: Que tal fazer parte da melhor audiência de empresários do Brasil? Inscreva-se em meu canal para acompanhar inúmeros conteúdos que vão lhe ajudar a vender mais através de uma gestão de empresas eficiente! ASSINE O CANAL.

Evite Prejuízo na Empresa e Perda de clientes – Seja Rápido

As fragilidades são como rachaduras, se não forem reparadas rapidamente, seu negócio com certeza virá a baixo. Assista ao vídeo para saber por que é importante evitar prejuízos resolvendo depressa as 11 fragilidades e riscos existentes em todos os tipos de negócio.

É sabido que as fragilidades impedem o crescimento do negócio e que geram grandes prejuízos financeiros que podem levar a empresa a falir.

Acumular prejuízos – fragilidade financeira – com vendas que não estão dando bons lucros é um exemplo típico de rachadura que precisa ser reparada depressa. O mau atendimento é outro exemplo que pode acumular prejuízos financeiros, afinal, se o cliente não voltar mais ao seu negócio, as vendas diminuirão, não é mesmo?

Existe ainda a rachadura relacionada à contratação de bons profissionais – fragilidade do colaborador – já que ter funcionários capacitados e comprometidos faz a diferença nos resultados do seu empreendimento desde o atendimento até em ter novas ideias.

Sua empresa tem alguma outra fragilidade além das três que foram mencionadas neste vídeo?

Além das fragilidades do cliente, do colaborador e da fragilidade financeira, existem ainda outras 11 Fragilidades e Riscos em que você deve reparar para que a empresa continue a crescer livre de prejuízos. Quer saber quais são essas outras fragilidades? Acesse o CONTEÚDO COMPLETO DO LIVRO.

Por que os empresários têm tanta dificuldade em identificar suas fragilidades e riscos? Veja ESTE VÍDEO para entender.

Não se esqueça de fazer a sua inscrição para continuar acompanhando vídeos como este. Obtenha preciosas informações para gerir seu negócio em poucos minutos INSCREVENDO-SE NO CANAL.

Como Evitar Prejuízos Financeiros na Empresa – Seja Rápido

,

Você já deve ter escutado que as empresas possuem fragilidades. Essas fragilidades nada mais são do que riscos, rachaduras que se não forem arrumadas logo poderão levar o negócio a falir. Em resumo, elas trazem verdadeiros prejuízos financeiros que podem dar início a uma bola de neve que desestabilizará a empresa como um todo, por isso a importância do tema.

Quer saber como evitar os prejuízos financeiros no negócio e também encontrar formas para tratar as 11 fragilidades e riscos iminentes a todos os empreendimentos? Você está no lugar certo! Antes de continuar sua leitura, assista a um vídeo rápido em que abordo o assunto:

Prejuízos financeiros: Eles podem surgir de todos os lugares

Primeiramente, é preciso entender que a empresa pode ter prejuízos financeiros em inúmeras circunstâncias e não somente quando a fragilidade financeira é ativada. Na verdade, tal fragilidade está relacionada a todas as demais, já que qualquer rachadura pode fazer com que o caixa comece a sofrer interferências!

Quer exemplos de outras fragilidades e riscos que podem levar o seu negócio a ter prejuízos?

A fragilidade do cliente é uma das melhores por onde começar a exemplificação. Uma empresa não pode existir sem clientes, afinal quem a sustentaria? Entretanto, muitos negócios deixam surgir inúmeros problemas aqui, seja devido a um mau atendimento, a falta de estratégias de fidelização e acompanhando entre outros mais.

Quando o cliente não é bem atendido dificilmente ele volta, pelo contrário, escolhe a concorrência. Com isso, a empresa está perdendo e os prejuízos financeiros estão ganhando espaço. Você tem se preocupado em entregar uma excelente experiência para o seu cliente? Seus funcionários estão prontos a fazer o mesmo?

Por falar no funcionário, este é outro bom exemplo que vale mencionar aqui. É preciso cuidar bem dos colaboradores desde a contratação – já que é preciso investir em ter os melhores do mercado – até a forma como estes são treinados e dispostos em seu negócio para atender e executar suas respectivas funções. Como você avaliaria sua equipe de trabalho, incluindo os vendedores, o pessoal de atendimento ao cliente, os técnicos, entre outros funcionários importantes?

Como se vê, as fragilidades são como rachaduras e, portanto, podem começar pequenas, não chamar a atenção e até mesmo passar despercebidas. Mas, é necessário ligar o alerta!

Rachaduras podem fazer sua empresa desmoronar, por isso é importante repará-las depressa!

Dicas para diminuir os prejuízos financeiros

Agora que você já sabe que as fragilidades são como rachaduras, é importante conferir dicas sobre como enxergá-las rapidamente para tratá-las e assim diminuir os prejuízos financeiros:

1.      Tire a venda dos olhos

Infelizmente, muitas empresas vão à falência porque seus gestores não se preocupam em enxergar as rachaduras que estão se formando internamente. Muitas vezes, quando decidem reparar, essas rachaduras já são grandes fendas praticamente irreparáveis.

Sendo assim, aquela velha máxima vale: É melhor tratar um problema que ainda está pequeno do que postergar o tratamento para mais tarde, quando talvez já não exista solução.

Por isso, tire agora mesmo a venda que pode estar cegando o seu olhar como empresário e administrador. Comece a observar os detalhes do negócio, pois muitas rachaduras aparecem exatamente nestes cantos “despercebidos”.

2.      Analise números

Também é essencial ter uma política de acompanhamento dos números. O que isso significa? Chega de administrar a empresa com base do achismo, antes use métricas e confira os números para ter em que se basear corretamente.

Quanto a empresa tem feito nos últimos meses? Qual o lucro bruto e o lucro líquido? A empresa tem batido suas metas, está estagnada ou tem decrescido? Quanto mais informações e detalhes você tiver, melhor para afastar os prejuízos financeiros.

3.      Mude as estratégias que não estão dando certo

Depois de passar pelas etapas anteriores, é chegada a hora de decidir sobre o que está dando certo e o que precisa ser melhorado. Que tal elencar novas estratégias para que as rachaduras encontradas sejam devidamente neutralizadas e parem de crescer?

Defina o que precisa ser feito reparando em todas as fragilidades e riscos que cercam o negócio. Escute o feedback dos clientes, pois eles podem contribuir muito para que a empresa cresça e atinja um bom nível de relacionamento com o público.

A fragilidade financeira pode ser ativada de várias formas como mencionado ao longo deste artigo. Por isso, mantenha-se sempre de olhos abertos a tudo o que tem refletido no caixa. Déficits, por menor que sejam, quando sequenciados podem levar a empresa a falência!

Existem, ao todo, nada menos do que 11 Fragilidades que Derrubam Sua Empresa e é importante dizer que essa rachadura pode estar em qualquer uma delas ou até mesmo em mais de uma! Para conhecer as demais fragilidades, confira o conteúdo completo no livro através do link: http://livro.as11fragilidades.com.br/.

Você também pode acompanhar mais sobre o assunto ao se inscrever no canal do Youtube que é referência para os empresários que querem blindar seu negócio. Acesse o link e se inscreve já: https://www.youtube.com/channel/UCt42WaM9p78BBzW-Fb6StKQ.

Como Resolver Problemas (Fragilidades) da Empresa Que Você Não Vê?

Por que os empresários têm tanta dificuldade para enxergar e reconhecer os erros e problemas do negócio? Como Resolver Problemas da Empresa Que Você Não Vê.

É justamente sobre essa questão bastante comum, bem como das 11 fragilidades e riscos das empresas, que trata esse vídeo. Veja aqui uma reflexão completa sobre o assunto em apenas 5 minutos e aprenda sobre os problemas que você não vê.

Reconhecer as fragilidades e os riscos da empresa é uma dificuldade comum. Mas, por que isso acontece? Normalmente, as pessoas gostam de falar e de, portanto, observar suas fortalezas.
No entanto, as fraquezas não estão nas rodas mais comuns de conversas e por isso acabam passando despercebidas na maioria das vezes.

Tratando-se do meio empresarial isso é mais evidente. Afinal, que empresário deixará sua empresa exposta ao compartilhar com parceiros ou clientes quais são suas fragilidades?

Este é um risco grande a se correr. O receio de falar sobre as fraquezas é justificável, entretanto, a partir do momento em que não se fala das fraquezas, uma oportunidade é perdida:

A oportunidade de corrigir seus erros e fragilidades a partir do reconhecimento de cada um deles! O problema que não você não vê, você não pode consertar, certo?

Em resumo, existem nada mais nada menos do que 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa e que, portanto, podem dificultar que o seu empreendimento cresça.

Quer saber quais são as demais fragilidades? Tenha o conteúdo completo no livro As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa.

Aproveite ainda para assinar o canal no YouTube e fique sempre por dentro de conteúdos que vão ajudar o seu negócio! Acompanhe vídeos rápidos como este com ótimas dicas! Inscreva-se.

Por que você não consegue enxergar sozinho as fragilidades e riscos da sua empresa?

Você já parou para pensar no quanto as fragilidades ficam escondidas dentro da sua empresa? Muitas vezes você sequer as enxerga! E, uma vez que passam despercebidas, como elas poderão ser reparadas antes de trazer verdadeiros prejuízos para o negócio?

Se este é um problema pelo qual você, caro empresário, tem passado, fique sabendo que com certeza não é o único! Pelo contrário, a situação de não enxergar sozinho as fragilidades é bastante recorrente e comum. Isso porque a maioria das pessoas está acostumada a falar sobre os pontos fortes do negócio e nunca os fracos.

Não mostrar as fragilidades para seus clientes e parceiros comerciais é uma forma de se proteger, porém também é um jeito de ficar na escuridão sobre as fragilidades e riscos da empresa, demorando mais para identificá-los. Em resumo, se você não dedicar algum tempo para falar sobre as fraquezas da empresa, dificilmente encontrará formas de eliminá-las.

Antes de continuar com a sua leitura, aproveite para conferir um vídeo rápido em que, em apenas 5 minutos, abordo os principais motivos que levam você a não enxergar sozinho as fragilidades e riscos da sua empresa:

A dificuldade de identificar e reconhecer as fragilidades da empresa

Existem inúmeros tipos de fragilidades. Existem fragilidades relacionadas à contratação de bons funcionários, à capacidade de fazer investimentos e expandir o negócio, àquelas relacionadas ao caixa da empresa e reserva financeira, entre outras mais. Todas essas fragilidades impactam negativamente nos resultados da empresa.

Como mencionado antes, as pessoas gostam de falar sobre suas fortalezas, ou seja, sobre seus pontos destacáveis e fortes. Dificilmente você encontrará quem goste de falar sobre os pontos fracos e falhos de um empreendimento e isso porque este tipo de situação pode prejudicar a imagem da empresa, bem como a postura do mercado perante ela.

Por outro lado, é necessário falar sobre aquilo que não acontecendo da forma correta para que as fragilidades apareçam!

Corrigir é preciso

As fragilidades atrapalham o crescimento da empresa e também podem fazer com que um negócio, que aparentemente está bastante sólido, venha a quebrar de uma hora para a outra devido à uma estratégia de expansão baseada em erros e falhas, das mais simples as mais complexas.

É por conta disso que se evidencia a necessidade de corrigir sempre cada uma das fragilidades. Mas, como fazer isso afinal? Quais as melhores formas de identificar os seus riscos?

Fale sobre as fraquezas

É claro que a primeira dica é falar sobre as fraquezas do negócio. Para falar desse assunto encontre uma pessoa certa, já que não é algo válido para discutir com qualquer um.

Procure falar com clareza sobre o que você acha que não está dando certo. Por exemplo, se você sente que a imagem da empresa está com algum problema, fale a respeito disso e porque você sente que isso tem acontecido.

Investigue as possíveis alternativas que poderiam mudar o rumo da empresa para a melhor.

Consulte especialistas sempre que for necessário                          

Se o simples fato de falar com outras pessoas sobre as fragilidades do negócio não bastar para encontrar soluções, consulte especialistas para ter uma visão mais clara sobre quais são os problemas que a empresa tem enfrentado.

Por que você não consegue enxergar sozinho as fragilidades e riscos da sua empresa? Porque você está dentro do problema! Para quem está de fora, é mais simples e fácil saber o que pode estar falhando. Entretanto, para quem faz parte do negócio, não. Muitas vezes a fragilidade e risco faz parte do dia a dia do empresário, incapacitando-o de ver com clareza!

Nessas horas, um bom bate papo com um consultor, coach ou outro especialista lhe ajudará a abrir os olhos e buscar alternativas para redesenhar a área em questão.

Não negue sua fragilidade!

Por fim, vale a dica de que você nunca deve negar a fragilidade. Ou seja, se você já reconhece, mesmo que de longe, que existe um problema relacionado a alguma das áreas da empresa, esteja certo de que é necessário tratá-lo para que o negócio retome seu crescimento.

Seja uma fragilidade financeira, de tecnologia, de imagem ou qualquer outra, assim que identificá-la, dedique-se a trabalhar de forma que este risco seja deixado completamente para trás. Use boas estratégias para tratar cada uma de suas fragilidades, afinal elas se diferem em vários quesitos e é preciso olhar com atenção para essas particularidades.

Que as fragilidades ficam escondidas dentro do seu negócio, com certeza você já sabe. Mas, você sabia que é possível desvendá-las? Quer saber quais são As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa? Basta clicar no link para ter acesso ao livro completo sobre o tema! Não perca tempo e comece essa leitura agora mesmo: http://livro.as11fragilidades.com.br/. Assine também o canal no YouTube para ficar por dentro de conteúdos que vão fazer sua empresa crescer e se profissionalizar cada vez mais! Siga nosso canal através do link: https://www.youtube.com/channel/UCt42WaM9p78BBzW-Fb6StKQ.

Como identificar os problemas da sua empresa antes que seu cliente perceba?

, ,

É fundamental identificar onde estão localizadas, e corrigir, todas as fragilidades existentes no negócio antes que seu cliente, ou até mesmo parceiro, as identifique. Desta forma, você se previne de inúmeros prejuízos, já que, ao todo, uma pequena ou média empresa tem com certeza 11 fragilidades e riscos para trabalhar e evitar.

Mas, como identificar os problemas da empresa antes que seu cliente perceba? Muitas vezes o erro passa completamente despercebido aos olhos de quem está dentro do negócio. Entretanto,ao mesmo tempo, parece bastante nítido e claro a quem observa de fora.

Não conhecer as fragilidades e riscos da empresa é o primeiro passo para ter problemas reais!

Confira a seguir um vídeo rápido em que abordo o tema de modo mais aprofundado e veja a importância de descobrir porque as fragilidades ficam escondidas e você não as enxerga sozinho.

O que são fragilidades?

Antes de abordar alguns aspectos mais específicos ao tema, é válido lembrar o que são fragilidades dentro de um empreendimento. As fragilidades são os pequenos problemas comuns a todos os negócios que, quando não trabalhadas, podem trazer prejuízos irreparáveis e até mesmo levar a empresa a fechar suas portas.

Existem 11 fragilidades e riscos que sua empresa precisa ficar de olho para diminuir as chances de ter prejuízo ou perder espaço no mercado, são elas: a fragilidade financeira, da venda, da norma, do colaborador, do cliente, do gestor, da decisão, do evento externo, da tecnologia e inovação, da interrupção e, por fim, da imagem que será abordada a seguir.

A Fragilidade e risco da imagem

Qual o bem mais precioso e ao mesmo tempo imensurável dentro do seu negócio? Acredite, é a sua reputação, a sua imagem, uma das 11 fragilidades e riscos comuns a qualquer empresa!

Muitas vezes, as fragilidades ficam escondidas e você não enxerga sozinho até que elas já tenham manchado o nome do seu negócio. Uma vez manchado, dificilmente você poderá reaver a mesma imagem junto aos seus clientes e parceiros. Ficará sempre uma marca.

Por exemplo, a quebra de uma promessa ou de um acordo feito com o seu cliente no que se refere a um prazo é um problema que, na maioria das vezes, acaba passando despercebido entre você e seus colaboradores, afinal, “foi apenas um pequeno atraso de dois dias”.

No entanto, com os olhos de quem está de fora, esse pequeno atraso é, na verdade, uma ruptura na reputação da empresa que sempre disse ter como princípio honrar cada um dos seus compromissos, além de oferecer um excelente atendimento ao público.

Em resumo, existem cinco causas principais que podem levar um negócio a ter a sua imagem corrompida com o passar do tempo. São possíveis causas da ruptura da imagem da empresa a falta de ética, os danos causados ao meio ambiente, um mau relacionamento com os clientes e uma má gestão junto aos colaboradores.

Ao tomar cuidado, e se resguardar de cometer qualquer um dos desvios mencionados, a empresa passa a ter uma maior estabilidade que permite levar a reputação a crescer e, consequentemente, conquistar novos públicos, por exemplo.

Percebe o grande risco que você e toda a estrutura do seu negócio correm ao menosprezar os pequenos erros do dia a dia? As 11 fragilidades e riscos existem e podem trazer grandes prejuízos para aqueles que não se preparam para enxergá-las e corrigi-las a tempo.

Identifique as 11 fragilidades e riscos

Gerir uma pequena ou média empresa não é algo tão simples e disso com certeza você já sabe.

Para ter bons resultados, que vão muito além de ter um caixa estável, é necessário empenho. Afinal, as fragilidades ficam escondidas e você não enxerga sozinho muitos dos riscos a que está sujeito. Portanto, atenção!

Por mais que não seja algo tão simples, tente sair da posição e do pensamento exclusivo de gestor e procure olhar a empresa, e seus processos, como se estivesse de fora. Ter a ajuda profissional de um consultor é uma alternativa que cabe muito bem aqui.

Existem erros que você e seus colaboradores cometem diariamente e que não se dão conta. Todavia, uma vez que o seu cliente enxergar este erro, o risco estará criado e uma fragilidade poderá ganhar força.

Sendo assim, a dica é cuidar como dobro de atenção para que a reputação do seu negócio não sofra danos. Não dê motivos para que ocorra um boca a boca negativo envolvendo o nome do seu empreendimento. Muito pelo contrário, saiba prever cuidados extras para mais tarde não ter que correr atrás de um possível prejuízo criado em um momento disperso.

Aproveite para fazer parte da melhor audiência de empresários interessados em resolver suas fragilidades e riscos. Volte a ver sua empresa crescer de maneira sustentável.Inscreva-se agora mesmo no meu canal doYouTube  e não deixe de ter acesso ao conteúdo completo no livro As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa!

4 Fragilidades Que Quebraram Empresa em São Paulo

, , , ,

 

Praticamente 100% das empresas, especialmente as pequenas e médias, possuem 11 Fragilidades e Riscos que podem fazê-la quebrar.

Para evitar que um problema mais grave aconteça, a empresa precisa identificar onde estão localizadas suas fragilidades e corrigir todas elas. Não pode deixar nenhuma de fora.

Neste vídeo, Othederaldo conta uma história real, sobre uma empresa localizada em São Paulo, que fechou as portas porque foi incapaz de lidar com 4 fragilidades perigosas. Ela não conseguiu controlar os riscos envolvidos no negócio.

Trata-se de uma lanchonete, famosa no passado, que perdeu sua posição para a concorrência, tentou se reerguer, lutou como pôde, mas foi ultrapassada.

No final das contas, a empresa foi atingida pela A Fragilidade Financeira, porém o problema foi iniciado por causa de 3 outras fragilidades e riscos.

“Por Que 4 Fragilidades Quebraram Empresa em São Paulo?” A resposta você vai descobrir após assistir este vídeo.

Certamente as lições aprendidas aqui servirão para você não deixar que uma situação semelhante ocorra com sua própria empresa.

Aproveite e adquira o livro inédito “As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa“.

Evite Riscos – Descubra as Fragilidades da Sua Empresa Antes do Cliente

, , ,

 

É perigoso deixar que o outras pessoas descubram as fragilidades da sua empresa antes de você.

Imagine que um cliente perceba que sua empresa passa por dificuldades financeiras, mas você nem sequer notou que tem esta fragilidade.

Parece difícil de acontecer, porém é mais comum do que você imagina. E você corre o risco de que seus parceiros, fornecedores e até seus colaboradores notem as fragilidades da sua empresa.

É fundamental que você identifique e corrija as fragilidades e riscos da empresa antes que qualquer pessoa perceba que você foi atingido por elas.

Aproveite e adquira o livro inédito “As 11 Fragilidades Que Derrubam Sua Empresa“.