Como fazer a empresa crescer rápido (8/15) – Contrate bons funcionários

,

Será que você sabe como contratar bons funcionários para a sua empresa? Na verdade, você, como empresário, sabe da importância que os colaboradores têm para a sua empresa? Entender essas questões é essencial para o crescimento da empresa como um todo.

Isso porque sozinho não dá para ir longe, não é mesmo? Sendo assim, você precisa de pessoas para ajudar a sua empresa a crescer. Quer saber como contratar bons colaboradores? Então assista ao vídeo a seguir, o oitavo da série como fazer a empresa crescer rápido e de forma saudável.

No vídeo falo exatamente sobre gestão de pessoas, algo muito importante dentro de qualquer negócio. Acompanhe!

Vídeo COMO FAZER A EMPRESA CRESCER RÁPIDO (8/15) – CONTRATE BONS FUNCIONÁRIOS

O risco de perder bons funcionários e de não saber como contratar

Seus funcionários são as pessoas mais importantes da sua empresa, mais ainda do que seus clientes. Isso porque são eles que vão atender os clientes e que vão também produzir os serviços e os produtos que a sua empresa precisa entregar aos clientes. Além disso, são os colaboradores que vão fazer o seu negócio funcionar como um todo.

É praticamente impossível crescer se você não puder contar com bons funcionários. E essa é a principal questão: os colaboradores precisam ser bons. Se você não tem colaboradores capacitados, vai acabar atrasando a sua empresa. É aquele velho ditado: é melhor só do que mal acompanhado.

A fragilidade do colaborador é uma das mais complicadas e que mais atrasam o crescimento da sua empresa, porque se você tem pessoas que não lhe ajudam ou lhe atrapalham, é muito pior.

O detalhe é que não é muito fácil fazer a gestão de pessoas dentro da área de Recursos Humanos. Sabe por quê? Porque envolve saber recrutar os colaboradores, entrevistar para saber se contrata uma determinada pessoa ou não, capacitar os funcionários, motivá-los internamente e depois de tudo isso você precisa ainda saber como reter o bom colaborador.

Como melhorar a área de gestão de pessoas da empresa

Para fazer tudo isso que foi mencionado é necessário contar com a ajuda de técnicas e também muita intuição. No entanto, a boa notícia é que você pode sim aprender tudo isso.

E é por essa razão que neste artigo vou mostrar 4 medidas para que você, como empresário, seja capaz de melhorar de fato a gestão de pessoas e, com isso, fazer com que a sua empresa cresça com mais facilidade.

  1. Melhore seu processo de recrutamento e seleção

A primeira medida é melhorar o seu processo de seleção, ou seja, saber como selecionar um funcionário, porque tudo começa nesse momento. Se houver algum erro durante essa fase, você vai acabar contratando a pessoa errada e atrasar o seu negócio. No momento de uma entrevista, é muito comum pensar “será que eu estou diante da pessoa certa para a minha empresa ou não?”

Tenha sempre em mente de que às vezes a pessoa pode até ser bem capacitada, mas ela pode não ser a ideal para a sua empresa. Sendo assim, quando você entrevista alguém precisa avaliar as questões técnicas, relacionadas à função, mas também precisa ver assuntos comportamentais, éticas e também questões ligadas à cultura da empresa.

Às vezes uma pessoa é boa tecnicamente, mas acaba não indo muito bem dentro de um cargo de gestão, por exemplo. Por isso é importante estar bem atento no processo de seleção. Então esse é um processo essencial.

  • Treine seus funcionários

A segunda medida é treinar os seus colaboradores sem parar. Não é porque você acertou na seleção que é hora de relaxar, muito pelo contrário. Se a pessoa certa está na sua empresa, é necessário capacitá-la para que ela fique cada vez melhor. Assim, será possível aumentar e muito a produtividade do seu negócio.

Além disso, o próprio funcionário fica mais realizado e feliz com o seu trabalho. Dessa forma, é fundamental estar sempre capacitando as pessoas. Tenha sempre em mente que todo mundo precisa evoluir e a capacitação é uma excelente forma para isso acontecer.

Eu recomendo que você, durante um treinamento, foque 30% na parte teórica e 70% na parte prática, ou seja, colocar a pessoa na função dela, observar como ela está indo e dar feedbacks constantes.

  • Avalie sempre os colaboradores

Por sua vez, a terceira medida é avaliar periodicamente seus colaboradores. Em média, o ideal é fazer uma avaliação geral deles a cada seis meses ou no mínimo a cada ano. E essa avaliação geral é mais criteriosa, é aquela que você precisa parar cerca de uma hora e fazer realmente um retrato do funcionário.

Pergunte para outras pessoas que convivem com esse trabalhador e que sejam da sua confiança para ouvir qual a impressão que elas têm dele. Fazer isso é importantíssimo. Entretanto, quando falamos de um funcionário novo, essa avaliação precisa ser feita, pelo menos, a cada 30 dias. Isso para ninguém perder tempo, nem você e nem a pessoa que está trabalhando na sua empresa.

Nunca se esqueça de que um funcionário que está dentro do seu negócio, mas que não possui um desempenho bom acaba lhe atrasando. Sendo assim, é preciso avaliar para saber se você realmente está com a pessoa certa.

  • Saiba como motivar o funcionário

Para finalizar, a quarta e última medida é motivar os seus colaboradores. A partir do momento em que eles já estão dentro do seu negócio, é necessário motivá-los o tempo todo. Para isso, você precisa remunerá-los dentro da faixa do mercado e se possível um pouco acima. Mas, é importante dizer que não é a remuneração que vai motivar mais os seus colaboradores.

É claro que se você pagar um valor ruim, abaixo do mercado, eles ficarão desmotivados. No entanto, o que motiva mais os funcionários são outros fatores, como, por exemplo, dar autonomia para eles, mostrar sempre tudo o que eles representam para a empresa e como eles ajudam no crescimento do negócio. Para eles, isso é muito mais importante do que a remuneração propriamente dita.

Sendo assim, esclareça para seus colaboradores qual é a missão da sua empresa, onde é que você quer chegar, porque isso também motiva bastante.

E uma última dica, a qual pode até mesmo ser considerada como uma quinta medida: você precisa ser exigente com os seus colaboradores para que eles se desenvolvam. Mas, tome cuidado para não exagerar nisso. Cobre resultados, no entanto, não exagere.

Então, essas são as medidas que vão lhe ajudar a corrigir essa fragilidade do funcionário e, por consequência, fazer com que a sua empresa cresça com a ajuda de pessoas muito boas.

Dessa forma, a fragilidade do colaborador pode realmente causar um impacto negativo no seu negócio. Entretanto, no total existem 11 fragilidades que derrubam sua empresa. Para corrigir todas elas e entender como documentar os processos da empresa, inscreva-se para uma Mentoria Gratuita no link: http://as11fragilidades.com.br/mentoria/ para que depois de conhecer a sua empresa eu possa oferecer a mentoria máster.

Para ter acesso aos demais vídeos dessa série de “como fazer o negócio crescer”, é só se inscrever em meu canal no YouTube através desse link: http://bit.ly/CanalOthederaldo.