Porque as pequenas empresas quebram – 5 motivos (Urgente)

,

Você sabe dizer por que as empresas quebram? Principalmente as pequenas e as médias? Infelizmente isso acontece com grande frequência. As fragilidades financeiras, da venda, do cliente, do colaborador e do gestor podem trazer um impacto realmente grande.

Ou seja, existem cinco motivos principais que justificam porque as pequenas empresas quebram. Sendo assim, será que saber como ter solidez financeira, como atender bem o cliente, como contratar um funcionário e como gerenciar a empresa pode fazer a diferença?

É exatamente isso que você vai acompanhar de forma detalhada no vídeo a seguir. Portanto, esteja bem atento, certo?

VÍDEO: PORQUE AS EMPRESAS QUEBRAM – 5 MOTIVOS

Porque as empresas quebram

Como mostrado ao longo do vídeo, os cinco fatores que fazem com que pequenas e médias empresas quebrem, não atuam sozinhos, muito pelo contrário! É claro que somente um deles, isoladamente, já é capaz de quebrar o seu negócio. No entanto, a partir do momento em que eles atuam em conjunto, esse potencial fica ainda maior.

Mas, como assim? É simples: se você já não tem dinheiro e ainda por cima não consegue vender, a dificuldade aumenta muito e o estrago vai ser muito maior do que se apenas um desses fatores agisse sozinho. Ficou mais claro agora?

Para saber mais sobre cada uma dessas dificuldades que podem fazer com que sua empresa quebre, continue acompanhando este artigo.

Dificuldade financeira

Uma das primeiras dificuldades que fazem uma pequena ou média empresa quebrar é a dificuldade financeira, ou seja, o risco financeiro. Isso porque um pequeno empresário, na maioria das vezes, abre um negócio não porque tinha dinheiro sobrando, mas sim porque teve uma grande ideia e quis explorá-la com o objetivo de ganhar dinheiro.

Esse foi o seu caso ou não? Pode ser que você tenha começado uma empresa porque estava com poucos recursos ou quem sabe até perdeu a antiga empresa e hoje conta com o novo negócio para conseguir sobreviver. No entanto, qual é o problema disso?

Infelizmente, o problema está no fato de que ao abrir uma empresa dessa forma é difícil de fazer os investimentos necessários para que o negócio cresça de forma saudável. Em outras palavras, fica mais complicado saber como ter solidez financeira.

Dificuldade do empresário em vender

A segunda dificuldade que faz uma pequena empresa quebrar pode complicar ainda mais a primeira. Sabe qual é ela? É a dificuldade do empresário em vender. Normalmente, um pequeno empresário possui um perfil mais técnico e, dessa forma, ele não aplica muitos esforços para vender os produtos e serviços.

Isso acontece porque o empresário acredita que se o produto for muito bom, os clientes vão bater na porta dele espontaneamente. Mas, atenção, isso raramente acontece! Você, como pequeno empresário, precisa sim saber como vender, mesmo que essa não seja a sua função na empresa, certo?

Dificuldade no atendimento ao cliente

Por sua vez, a terceira dificuldade está relacionada ao atendimento ao cliente, já que em grande parte das vezes um pequeno empresário conta com um processo mais informal no atendimento ao cliente. Ou seja, é compreensivo, simpático, gentil, cria uma proximidade com o cliente, entre outras coisas.

É claro que isso tudo é importante, no entanto não é o suficiente. Você precisa ter processos mais estruturados, mais profissionais de atendimento ao cliente. Não pode apenas contar com essa informalidade. Afinal, se você vende e não atende bem, qual cliente que vai voltar a comprar seus produtos? É preciso saber como atender bem o cliente!

Dificuldade na contratação de colaboradores

Já a quarta dificuldade tem relação com a contratação dos seus colaboradores. Lidar com a gestão dos funcionários não é nada fácil, pode ter certeza disso. Tenha em mente que é necessário saber como contratar um bom funcionário, selecionar com cuidado e depois de tudo, treinar, reciclar e manter os colaboradores na sua empresa.

E essa é outra dificuldade enorme que uma pequena empresa tem. Se você não contrata colaboradores, como é que você vai entregar os serviços e os produtos que você vendeu? Como vai atender seus clientes?

Dificuldade na administração do negócio

Por fim, a quinta e última dificuldade que faz uma pequena empresa quebrar está relacionada com administração do negócio. Como já mencionado anteriormente, é comum que o perfil de um pequeno empresário seja mais técnico e, portanto, ele não tem uma vivência com a área de administração de empresas.

Quando a empresa é pequena é até possível ir levando, mas e quando ela cresce? A partir do momento em que ela começa a crescer mais, a coisa complica e muitas vezes você acaba perdendo o controle da situação e não consegue administrar o negócio, o qual termina realmente quebrando. A administração é vital.

Dessa forma, as fragilidades financeira, da venda, do cliente, do colaborador e do gestor podem realmente causar um impacto negativo no seu negócio. Entretanto, no total existem 11 fragilidades que derrubam sua empresa. Para corrigir todas elas e fazer sua empresa crescer rápido, inscreva-se para uma Mentoria Gratuita no link: http://as11fragilidades.com.br/mentoria/

Além disso, para ver mais dicas de como fazer a empresa crescer, inscreva-se agora mesmo em meu canal no YouTube por meio do link: http://bit.ly/CanalOthederaldo.