Como Melhorar a Gestão Financeira da Empresa – Opere Com 2 Bancos

,

Você, como empresário, está sempre pensando em como reduzir o risco financeiro da empresa? Com certeza essa é uma das suas maiores preocupações, não é mesmo? Mas, então, o que você faz para evitar o risco financeiro? Já pensou que a quantidade de bancos que sua empresa trabalha pode influenciar diretamente nisso?

Portanto, já vou adiantar que a minha dica é que você, no mínimo, trabalhe com dois bancos, assim como exemplifico no vídeo abaixo:

Vídeo COMO MELHORAR A GESTÃO FINANCEIRA DA EMPRESA – OPERE COM 2 BANCOS

Por que é importante evitar a fragilidade financeira?

A fragilidade financeira é apenas uma das 11 fragilidades que derrubam sua empresa, mas, assim como qualquer outra, ela também deve ser evitada para que o seu negócio cresça de maneira sustentável.

Como exemplifico no vídeo, na minha empresa eu trabalho com dois bancos! E você sabe o motivo? Faço isso justamente para poder negociar sempre com os dois, ou seja, quando preciso de algo, principalmente de crédito, sempre fecho com aquele que está com a menor taxa.

Mas, e se minha empresa trabalhasse com apenas um? É claro que o risco financeiro seria muito maior. Com dois bancos você consegue economizar nas taxas e, consequentemente, garantir a saúde financeira do seu negócio! Por isso é tão importante saber como reduzir o risco financeiro da empresa.

Como reduzir o risco financeiro da empresa

É válido mencionar que a recomendação para trabalhar com dois bancos a fim de melhorar o fluxo de caixa e reduzir o risco financeiro é para as médias e grandes empresas. Caso você tenha, por exemplo, um pequeno negócio com apenas um ou dois funcionários, há exceções. Nesse caso, é possível trabalhar somente com um banco. Mas, isso realmente se restringe a esses casos.

Portanto, se você tiver uma média ou grande empresa, a dica de operar com dois bancos continua. Afinal, nada pior do que ficar sem dinheiro na empresa, certo?

Você já imaginou que se a sua empresa contar com apenas um banco você pode ficar na mão quando mais precisar? Simplesmente não dá para ficar sem pagar as contas, certo? Uma empresa precisa de dinheiro! Sendo assim, veja a seguir os principais motivos para sua empresa trabalhar com dois bancos, e nunca com um só.

Negociar melhores taxas

O primeiro motivo para trabalhar com dois bancos é que, conforme já abordado anteriormente, você consegue negociar melhores taxas com ambos. Como um empresário, você com certeza deve saber que os bancos, atualmente, cobram taxa para quase todos os serviços.

E, como você vai precisar negociar empréstimos e financiamentos com o banco, já que ficar sem dinheiro na empresa é impossível, é fundamental ter mais de uma opção para escolher. Dessa forma, dependendo do pacote que você tem contratado com um determinado banco, vai pagar mais ou menos tarifas.

A partir do momento em que sua empresa possui mais capacidade de negociação, ela ganha mais força. Portanto, sempre tenha no mínimo dois bancos para conseguir analisar qual é o melhor para cada situação.

Não deixar o dinheiro em apenas um lugar

Outra razão para que sua empresa trabalhe com dois bancos, ao invés de um, faz parte daquela velha lição que você já deve ter ouvido dos seus pais ou dos seus avós: não coloque todos os ovos em uma única cesta. Mas, como assim? O que isso quer dizer?

Isso quer dizer que você não deve colocar todo o seu dinheiro em um só lugar, em um só banco, tanto como pessoa jurídica quanto como pessoa física. Não importa! É sempre melhor distribuir esse dinheiro em mais de um banco.

Hoje, quando se fala no mercado bancário tudo está mais calmo, é claro. No entanto, no passado, diversos empresários tiveram problemas ao contar com um banco só. Afinal, quando o banco quebra e fecha não é possível lançar mão do dinheiro no momento desejado.

Não ficar sem dinheiro na empresa

Por fim, o terceiro e último motivo para trabalhar com dois bancos é reduzir o risco de ficar na mão de uma hora para outra.

Ou seja, quando você tem só um banco negociando, ele pode por uma razão qualquer lhe descredenciar ou resolver aumentar as taxas.  Ou surge uma despesa inesperada que você não esperava, um imposto novo ou alguém lhe colocou na justiça e você vai precisar de um empréstimo para pagar o problema que aconteceu. E, se você tiver um banco só, naquele momento, ele pode fechar as portas e você não terá a quem recorrer quando se fala em dinheiro.

Então, vai ter que pedir emprestado de amigo, parente, que eu sei que você não quer isso de forma nenhuma. Nesse sentido, trabalhar com dois bancos reduz o risco de você ficar na mão de uma hora para a outra.

Isso já aconteceu comigo, em uma determinada situação eu precisei de um recurso, mas eu não tinha atualizado meu cadastro e o banco não tinha me avisado de nada e quando eu precisei do dinheiro eu não tinha. Por sorte eu tinha outro banco para lançar mão.

Portanto, é fundamental saber como reduzir o risco financeiro da empresa a fim de sempre garantir um bom fluxo de caixa! Quer saber sobre outras fragilidades que podem afetar e derrubar a sua empresa? Então CONFIRA NO MEU LIVRO as 11 Fragilidades que Derrubam Sua Empresa tudo de forma detalhada.

Para estar sempre por dentro de dicas de como reduzir as fragilidades e o risco financeiro da sua empresa, INSCREVA-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE e faça parte da melhor audiência de empresários do Brasil.